Header Ads

Danilo Dannti dançarino do Tribal Fusoin


Danilo Dannti Foto: Jetro Rocha


A dança é sim uma das maiores expressões humanas que nos faz extravasar com o corpo ao escutarmos a música que gostamos tudo se encaixa numa perfeita harmonia, Danilo Dannti tem uma historia com a dança deste sua infância, quando começou seus primeiros passos ao admirar uma cantora que dançam em um show de DVD, numa festa de amigos um professor de dança chamou Danilo para as primeiras aulas de jazz, deste então não parou por ai, encarou suas primeiras aulas na adolescência o que fez ele combater um problema de saúde também.
   Ao todo Danilo estudou 9 estilos de dança Jazz, Balé Clássico, Afro, dança popular, dança de salão, contemporâneo, dança do ventre, dança flamenca, que lhe rendeu muitas passagens em diversos grupos e companhias de dança entre os mais conhecidos, a ceara Berna Costa, cia malungo, o coletivo Monjuba, a cia Lunai, a cia Lunai PE, e alguns grupos de tribal fusion que tem o nome de Hades Tribal Fusion.

Danilo Dannti Foto: Jetro Rocha

A bagagem de experiência de Danilo Dannti é muito boa porque ele já se apresentou em todos os teatros do Recife, em espetáculos e festivais de Danças da cidade e do estado. O dançarino gosta muito de festivais de rua por está mais próximo ao público. Fora do estado Danilo foi para João Pessoa e Aracaju e participou de oficinas de dança do ventre em São Paulo.
A especialidade de Danilo Dannti é o tribal Fusion, (O Tribal Fusion Bellydance surgiu a partir do American Tribal Style (ATS) no anos 90 em São Francisco, Califórnia. Com Jill Parker, fundadora do Ultra Gypsy). O Danilo que teve lutar contra o machismo que encontrar homens dançando este estilo ainda é difícil, mas com um grupo de cinco rapazes Danilo formou o grupo de Tribal Fusion em Olinda, que é um estilo que varias danças étnicas fazendo um mistura para Tribal Fusion e pode ser considerada uma dança étnica contemporânea que tem apenas 30 anos de existência deste estilo de dança que também tem uma característica forte de improviso. A tribal fusion durou 4 anos e meio entre os anos de 2010 a 2014 atualmente está parado por falta de tempo pra reunir dançarinos para formação de uma cia.

Danilo Dannti Foto: Jetro Rocha

   O Danilo Dannti faz parte de um aglomerado de artistas pernambucanos que tem se apresentado no Sarau das Artes da Guerrilha Cultural, encabeçado pelo Grupo de Teatro João Teimoso dos diretores e produtores Oséas Borba Neto e Michelle Amorim, na comemoração dos 17 anos do Grupo João Teimoso, o Dançarino se apresentou num improviso em uma das músicas do espetáculo Marcas: a História de mais uma Maria de a atriz Michelle Amorim. Danilo acha muito importante o projeto do Sarau das Artes pela aproximação que os artistas de dança têm com as pessoas que já pela falta de incentivo governamental e pelo gosto de um evento de rua que o próprio gosta bastante. 


Facebook: Danilo Dannti



Nenhum comentário